Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora:

04
No comando: BAND CORUJA

Das 00:00 as 05:00

09
No comando: BAND BOM DIA

Das 05:00 as 05:59

10
No comando: A HORA DO RONCO

Das 06:00 as 08:59

02
No comando: MANHÃ SHOW

Das 09:00 as 10:59

HORACHEIA
No comando: Hora Cheia 1ª Edição

Das 11:00 as 12:00

03
No comando: QUEM AMA NÃO ESQUECE

Das 11:00 as 12:00

No comando: #Super6

Das 13:00 as 13:59

01
No comando: TARDE DA BAND

Das 14:00 as 16:00

HORACHEIA2
No comando: Hora Cheia 2ª Edição

Das 15:00 as 16:00

06
No comando: TOCA TODAS

Das 16:00 as 17:00

05
No comando: BAND BRASIL

Das 18:00 as 19:00

HORACHEIA3
No comando: Hora Cheia 3ª Edição

Das 20:00 as 21:00

11
No comando: CONSULTÓRIO SENTIMENTAL

Das 20:00 as 21:00

07
No comando: TOCA TODAS

Das 20:00 as 21:00

08
No comando: BAND LOVE

Das 22:00 as 24:00

O AMOR PRÓPRIO NOS LIBERTA DAS REJEIÇÕES!

Compartilhe:
MOLDE FOTO copiar

Depois de passarmos por tantas decepções em relacionamentos, a culpa nos atormenta por isso.
Então, a cada rejeição, a cada decepção somos tendenciados a nos culpar, ao ponto de acreditarmos que tem algo de errado com a gente, por amizades fracassadas, por paixões não correspondidas.

Nossa personalidade com isso começa a ser moldada com muitas lágrimas, pela culpa e por não entendermos o porquê de tantas decepções e rejeições nos relacionamentos.

Isso nos leva a uma procura desesperada por afeto, procuramos fora o que nos falta dentro de nós. E para isso saímos por aí “ficando” com pessoas, apenas por um dia, mesmo não gostando, ou não conhecendo essa pessoa, ficamos com ela apenas pelo fato dela nos mostrar interesse ou atração.

Isso vai tornando-nos invisivelmente uma pessoa ainda mais carente que extravasa as emoções usando os sentimentos alheios, pelo simples desejo de ter atenção de alguém, de nos sentirmos amados e desejados
por alguém.

Assim, vamos depositando nas outras pessoas essa responsabilidade de nos suprir emocionalmente.
No entanto, essa busca nos lugares errados nos fazem “quebrar a cara” para amadurecermos. As desilusões e rejeições são frutos da nossa própria procura desenfreada por sentimentos que falta dentro de nós e por nós mesmos. Nossos relacionamentos são reflexos do que somos ou sentirmos em relação a nós mesmos.

Precisamos aprender a nos conhecer, a contar apenas connosco, a confiar e sermos seguras de nós. Aprender a nos aceitar e a não querer alguém que não queira estar com a gente também. Aprender a ter primeiramente o sentimento que cabe a gente que realmente nos faz bem, o nosso amor próprio!

Antes de sairmos buscando por aí algo que nos falta, que tal começarmos procurando dentro de nós? Descubra onde está seu amor próprio e encontrarás sua liberdade! Pois é nosso amor próprio que nos libertará de todas as rejeições.
Liberte!

Fonte: Resiliencia Mag

Deixe seu comentário:

Eventos

Promoções

Facebook